The Linux's Speech

quarta-feira, junho 28, 2006

Criando pacotes .deb com extrema facilidade e rapidez.

Muitas pessoas nem imaginam como se cria pacotes .deb, outras conhecem várias maneiras que são complicadas, mas apenas alguns conhecem a maneira que vou falar aqui.

A criação de um pacote .deb pode ser uma das coisas mais fáceis de serem feitas no Linux.

Mas antes de ensinar como criar, vou explicar do que se trata um pacote .deb.

1 - O que são pacotes .deb?

Nada mais são do que pacotes com arquivos compactados como se fossem um .gz ou .zip, mas com funcionalidades inteligentes.

Suas principais funcionalidades são:
  1. Auto instalação;
  2. Configuração inicial automática dos programas instalados;
  3. Resolução automatica de dependências.
As dependências são programas ou bibliotecas necessárias para o funcionamento do programa que você está instalando. Se você estiver instalando um programa baseado em GTK, você terá que ter a biblioteca GTK instalada em seu sistema, caso não tenha, o pacote deb não será instalado antes que você instale a GTK. Em algumas distros como a Ubuntu, a resolução é feita de maneira mais automatizada ainda, porque o sistema procura em seus repositórios e já baixa e instala as dependências e o conteúdo do pacote.

Na verdade, sistemas baseados em Debian são todos construídos na base dos pacotes .deb.

2 - Criando pacotes .deb com o checkinstall.


A criação dos pacotes .deb, antes um tanto trabalhosa, torna-se 'mamão com açúcar' quando se usa o checkinstall para criá-los.

A criação é feita durante a instalação do programa escolhido para ser 'empacotado'. Vou usar como exemplo o XChat.

Para iniciar, você terá que baixar o source do programa, depois descompactá-lo em uma pasta e fazer todo o processo de compilação com os comandos comuns como ./configure e make.

Quando você terminar de rodar os dois comandos descritos, terá de rodar o make install, mas em vez de rodá-lo, irá digitar checkinstall -D, que o próprio checkinstall, se encarregará de instalar o programa e criar o pacote, o processo é simples, após rodar o comando, ele fará algumas perguntas sobre as características do pacote. Infelizmente, este processo não permite o uso de todo o poder dos pacotes .deb, mas serve para quem quer criar pacotes simples.

Após todo o processo deverá surgir o .deb gerado no mesmo diretório onde você digitou o comando e gotcha! Seu pacote .deb foi criado em poucos minutos e está pronto para ser usado. Simples, não é? :)

3 - Onde encontro o tal checkinstall?

Se você usa a distro Ubuntu, basta o comando apt-get install checkinstall que em poucos minutos você terá o checkinstall instalado em seu sistema. Caso não use Ubuntu ou a distribuição que você usa não oferece o programa em seus repositórios, vá até o site do programa e pegue-o.

Se você ainda tem alguma dúvida, as tire no Google ou na documentação dos respectivos projetos.

7 Comentários:

  • Bom post. Bem didático.

    Vale a pena deixar sempre bem claro que isto serve para Debian e Ubuntu, e não somente Ubuntu, já que o Ubuntu é uma distro baseada no Debian.

    É importante manter e divulgar a autoria das coisas.

    Por Blogger Daniel, em 1:39 PM  

  • Cara, toma vergonha na cara e informe a fonte desse artigo, plágio dá cadeia agora viu?

    Por Anonymous Anônimo, em 7:36 PM  

  • FONTE!!!!!!!!!

    http://wiki.forumdebian.com.br/index.php/Como_criar_pacotes_deb_atrav%C3%A9s_do_checkinstall_e_do_dpkg

    Por Anonymous Anônimo, em 7:37 PM  

  • Colega, estamos em 2010, artigo feito em 2006, e nao existia esse artigo na internet antes. se teve algum plágio, esse foi da wiki do forumdebian :)

    Por Blogger Ramon Gadelha, em 3:53 PM  

  • http://wiki.forumdebian.com.br/index.php?title=Como_criar_pacotes_deb_atrav%C3%A9s_do_checkinstall_e_do_dpkg&limit=500&action=history

    e compare as datas dos artigos, babaca.

    Por Blogger Ramon Gadelha, em 3:54 PM  

  • hahahaha
    muito bom!

    Por Anonymous Anônimo, em 8:40 AM  

  • parabéms gostei mt e cosegui fazer. Nao liga pra esse otário q ta falando d plagio aí. Vc me ajudou mt vlw

    Por Blogger Death, em 11:34 PM  

Postar um comentário

<< Home